terça-feira, abril 18, 2017

CASTELO BRANCO: Um Século de Imagens

Está patente na Casa do Arco do Bispo, a exposição «CASTELO BRANCO: Um Século de Imagens». Esta exposição é constituída pelo arquivo de Veríssimo Bispo, apresenta um conjunto de fotografias da cidade albicastrense ao longo de 100 anos.
A entrada é livre e poderá visitá-la até ao dia 30 de Abril.

terça-feira, abril 11, 2017

INTEIRO POSTAL DA 12ª FEIRA DO QUEIJO DE ALCAINS



Os CTT - Correios de Portugal lançaram em circulação na passada 6ª feira, dia 7, um Inteiro Postal dedicado à 12ª edição da Feira do Queijo em Alcains. Para a sua obliteração os Correios de Portugal também emitem um Carimbo Comemorativo.
Nessa ocasião foi também inaugurada uma exposição filatélica relacionada com a temática do queijo/alimentação. A exposição foi  organizada pelo Grupo Filatélico da AHDSB - Associação Humanitária dos Dadores de Sangue de Beja e até ao dia 12 de abril, fazendo parte do programa cultural da 12ª Feira do Queijo dessa vila.


EXPOSIÇÃO NUMISMÁTICA – HISTÓRIAS DE PORTUGAL E DO MUNDO NA SALA DA NORA DO CINE-TEATRO AVENIDA

Exposição que reúne um importante espólio de moedas que nos apresentam temas como os Reis de Portugal, Religião e Missões Missionárias, referências aos vultos das Artes e Letras e momentos importantes da vida colectiva.
Jorge Alves é colecionador numismático e apresenta aqui, pela primeira vez, o trabalho de estruturação do seu espólio.

Texto Agenda Cultura Vibra

segunda-feira, abril 10, 2017

AVES DA BEIRA BAIXA EM EXPOSIÇÃO NO MUDEU DO CANTEIRO

 
Está patente até 21 de Maio no Museu do Canteiro, em Alcains, a exposição temporária “Aves da Beira Baixa – Aves da Nossa Terra”.
Uma mostra fotográfica da autoria de Joaquim Antunes onde é possível ver várias espécies de aves, algumas delas quase exclusivas da região, destaca em nota o Museu do Canteiro.
Durante esta mostra irá ser desenvolvido o Serviço Educativo "O rapaz que gostava de aves". Uma sessão de leitura direcionado para grupos escolares, consoante marcação.

segunda-feira, janeiro 30, 2017

CEM ANOS DA PARTIDA DAS PRIMEIRAS TROPAS PORTUGUESAS PARA FRANÇA





Em março de 1916 a Alemanha declarou guerra a Portugal. Antes disso já tinham ocorrido diversos combates na fronteira sul de Angola e no extremo norte de Moçambique. Mas só a 30 de janeiro de 1917 é que o país finalmente se envolveu no teatro de guerra europeu, enviando a 1ª Brigada do Corpo Expedicionário Português (CEP) para França. Nessa data iniciaram a partida de Lisboa, rumo a Brest, em França, em navios cedidos pela Inglaterra, as companhias do Batalhão de Infantaria nº 23, da Covilhã, que incluía uma companhia de Castelo Branco e outra de Penamacor. Começava assim, a  presença das tropas da Beira nos sangrentos campos de batalha da Flandres.

sábado, dezembro 24, 2016



Feliz Natal e um próspero Ano Novo!
Merry Christmas and a Happy New Year!
 Joyeux Noël et bonne année! 
  ¡Feliz Navidad y próspero año nuevo!
   Fröhliche Weihnachten und ein gutes neues Jahr!
Prettig Kerstfeest en een gelukkig nieuwjaar!
 Buon Natale e Felice Anno Nuovo!
 Веселого Рождества и счастливого Нового Года!
圣诞快乐!新年快乐!
クリスマスおめでとう。そして良い新年でありますように。 

segunda-feira, novembro 21, 2016

Casa da Memória Judaica e dos Cristãos Novos de Castelo Branco

 
O novo espaço museológico situado na rua das Olarias, foi inaugurado no dia 11 de Novembro e resulta de um investimento da Câmara Municipal de Castelo Branco. Surge dividido em diferentes áreas e pretende retratar a presença judaica na cidade, bem como distinguir algumas personalidades como Amato Lusitano e Afonso de Paiva.
Na Casa, os visitantes são convidados a percorrerem um «túnel escuro» onde a questão da inquisição e da tortura são retratadas. Os nomes dos judeus albicastrenses que a inquisição condenou surgem evidenciados num painel, sendo possível através de um sistema virtual saber a informação sobre cada uma dessas pessoas. Será também possível observar uma maquete de Castelo Branco quinhentista e a sua ligação aos portados, bem como artefactos ligados aos judeus. O edifício terá também um espaço para conferências e uma zona de consultas de documentos.
A Casa da Memória Judaica e dos Cristãos Novos de Castelo Branco vai fazer parte da rede de espaços culturais do concelho de Castelo Branco, como o Museu Francisco Tavares Proença Júnior, Museu Cargaleiro, Museu do Canteiro, Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco, Antigo Edifício dos CTT, os futuros museus dos Têxteis (Cebolais de Cima/Retaxo), da Seda (na APPACDM), Centro de Interpretação do Bordado de Castelo Branco ou a Fábrica da Criatividade, entre outros.
Este é mais um espaço intervencionado no âmbito do Projeto Rotas de SEFARAD – Valorização da Identidade Judaica Portuguesa no Diálogo Interculturas”, que contempla 18 intervenções físicas e museológicas, distribuídas de norte a sul do território nacional.

quarta-feira, setembro 07, 2016

125 ANOS DA CHEGADA DO COMBOIO À COVILHÃ


Com o objetivo de assinalar os 125 anos da chegada do comboio à Covilhã, a autarquia em parceria com a Infraestruturas de Portugal, CP, Fundação do Museu Nacional Ferroviário e várias associações locais, elaborou um programa de atividades que incluem exposições, publicações e recriações históricas.
Entre 6 e 30 de setembro, estará patente ao público, na Estação de caminhos-de-ferro, da Covilhã, a exposição «Na Linha desde 1891». O momento alto destas comemorações terá lugar no dia 6 de Setembro, dia do 125º aniversário da chegada do comboio à cidade, com uma recriação histórica, também na Estação de CP, a partir das 18 horas, que contará com largas dezenas de figurantes. Este evento pretende recriar o programa da visita dos reis D. Carlos e D. Amélia à Covilhã nos dias 6 e 7 de Setembro de 1891. Neste dia será ainda distribuída uma edição fac-similada do jornal publicado há 125 anos por Pedroso dos Santos, Presidente da Câmara da Covilhã e Governador Civil de Castelo Branco, intitulada «6 de Setembro de 1891».